Centro de Memória Municipal Doutor José de Magalhães Pinto

Código: 6.72.77.5037

Nº SNIIC: SP-8236

O casarão foi construído entre o final do século XIX e o início do XX, constituindo-se em
um exemplar da arquitetura colonial, evidenciada em sua composição e materiais. Implanta-se no alinhamento da via, em terreno em declive, com aproveitamento do porão. Além desse,
tem volumetria de dois pavimentos. Fonte: https://samonte.mg.gov.br

Site: https://samonte.mg.gov.br/

Email para divulgação: samontecultura@gmail.com

Telefone para divulgação: (37) 3281-7326

Informações Adicionais de Contato:
(37) 3281-7326 / (37) 3281-5826 (Secretaria de Cultura) / (37) 3281-7328 (Prefeitura)

Endereço: Avenida Coronel Amâncio Bernardes, 181, 181 , Centro, 35560-000, Santo Antônio do Monte, MG

CEP: 35560-000

Logradouro: Avenida Coronel Amâncio Bernardes, 181

Número: 181

Complemento:

Bairro: Centro

Município: Santo Antônio do Monte

Estado: MG

Território Cultural (para utilização do Sistema de Museus): Oeste

Descrição

O Centro de Memória Municipal “ Dr. José de Magalhães Pinto” consta de vários Espaços que são dedicados à preservação da memória e valorização do patrimônio cultural da história Santantoniense.

São eles:

Espaço Memória do Judiciário: É composto por mobiliário próprio do tribunal de júri como as bancadas para os jurados. É datado aproximadamente dos anos de 1960. Sobre os moveis encontram-se máquinas de escrever e alguns documentos relevantes do arquivo do judiciário.

Espaço Retratando Épocas: É formado por uma sala onde se encontram objetos bastante diversificados. São peças que, individualmente ou em conjunto, representam o universo do santantoniense com relação a oficios, espiritualidade e pessoas.

Espaço “ Maria Angélica de Castro”: É uma homenagem à educadora do mesmo nome. Nascida em 1898, teve atuação incansável na educação. Construiu o Colégio Senhora de Fátima , inaugurado em 1956. O mobiliário e os objetos revelam o caráter austero da educadora. Possuem linhas simples, desprovidos de adornos desnecessários. O acervo , composto por cama, penteadeira, guarda-roupa, livros e documentos dos anos 1940 a 1984. E muitas outras peças que pertenceram à ela.

Espaço “ Dr. José de Magalhães Pinto”: É uma homenagem à este Santantoniense que alcançou notoriedade politica, sendo governador do Estado de Minas Gerais entre os anos de 1961 a 1966. Foi Deputado Federal durante dois mandatos . Criou o Banco Nacional em 1970 e encerrou sua vida politica em 1985. O acervo é formado por documentos, medalhas, fotografias, livros e alguns móveis, representa , especialmente , a trajetória do politico.

Espaço “ Teresa Adami de Carvalho”: É uma homenagem à filha do Coronel Amâncio Bernardes e a Dona Alzira Luiza de Oliveira Bernardes. O acervo foi agrupado em dois ambientes que remetem ao inicio do seculo passado: uma sala de visitas tipica do Centro Oeste mineiro e uma sala de aulas retratando o inicio da Escola Amâncio Bernardes construída por ele .

A visitação do Centro de Memória é de segunda a sexta feiras de 8:00 às 16:00 horas.

Galeria

evento entre e Baixar Planilha

O Museu encontra-se: aberto

Horário de funcionamento: 9:00 às 15:00 horas

Entrada

Entrada é cobrada: não

Acessibilidade

Acessibilidade física:

Acessibilidade para pessoas com deficiências auditivas e visuais:

Atendimento aos turistas estrangeiros:

Instalações

O museu possui arquivo histórico? sim

O arquivo tem acesso ao público? sim

O Museu possui biblioteca? não

A biblioteca tem acesso ao público? não

O museu promove visitas guiadas? sim

Em caso positivo, especifique: SOMENTE mediante agendamento

Atividades educativas e culturais

O museu realiza atividades educativas e culturais para públicos específicos? s

Em caso positivo, especifique: escolha a(s) que mais se adeque(m)

Esfera: Pública

Tipo de Esfera: Municipal

Ano de abertura: 2007

Tipo: Tradicional/Clássico

Temática: Antropologia e arqueologia

Para solicitar o Registro de Museus é simples. Basta seguir estes três passos:

  • 1. Preencher e assinar o Formulário de Solicitação de Registro, ao final da página.
  • 2. Fotocopiar os documentos solicitados (vide lista abaixo de acordo com a natureza administrativa da instituição).
  • 3. Reunir o Formulário devidamente preenchido e a documentação solicitada e entregar a documentação na sede do Ibram em Brasília ou enviar por correio com aviso de recebimento para o seguinte endereço:


    Instituto Brasileiro de Museus – Ibram
    Cadastro Nacional de Museus (CNM)
    Setor Bancário Norte, Quadra 02, Bloco N, 1º Subsolo
    Cep: 70040-020 – Brasília – DF

Documentação Necessária:
Museu Público Federal
  • CPF e RG (autenticados em cartório) do responsável pelo museu;
  • Documentação que comprove que o titular do RG e do CPF enviados é o responsável pelo museu, que poderá ser através de termo de posse, ato de nomeação, ou outro documento congênere;
  • CNPJ do museu ou da instituição mantenedora;
  • Instrumento de criação do museu ou outro documento oficial da instituição à qual o museu esteja subordinado/vinculado;
  • Termo de Solicitação do Registro preenchido.
Museu Público Estadual, Municipal e Distrital
  • CPF e RG (autenticados em cartório) do responsável pelo museu;
  • Documentação que comprove que o titular do RG e do CPF enviados é o responsável pelo museu, que poderá ser através de termo de posse, ato de nomeação, ou outro documento congênere;
  • CNPJ do museu ou da instituição mantenedora;
  • Instrumento de criação do museu ou outro documento oficial da instituição à qual o museu esteja subordinado/vinculado;
  • Termo de Solicitação do Registro preenchido.
Museu Privado
  • CPF e RG (autenticados em cartório) do responsável pelo museu;
  • Documentação que comprove que o titular do RG e CPF enviados é o responsável pelo museu, que poderá ser através de termo de posse, ato de nomeação, ou outro documento congênere;
  • CNPJ do museu ou da instituição mantenedora (com personalidade jurídica);
  • Instrumento de criação do museu ou outro documento oficial da instituição à qual o museu esteja subordinado/vinculado;
  • Termo de Solicitação do Registro preenchido.
ATENÇÃO!
  • As despesas de autenticação e envio deverão correr por conta do museu solicitante;
  • O museu deverá manter atualizados todos os seus dados junto ao Registro de Museus, enviando toda a documentação comprobatória de qualquer alteração das informações já fornecidas;
  • No caso de inexistência de documento oficial que declare quem é o responsável pelo museu, será admitido como comprovação documento que contenha tal informação assinado pelo representante máximo da instituição mantenedora. Nessa situação, o representante máximo da instituição mantenedora deverá enviar cópia do seu RG, do CPF (autenticados em cartório) e documento oficial que declare sua ocupação neste cargo;
  • Museus que possuem filiais ou seccionais em endereços de visitação diferentes deverão responder um questionário para cada unidade.

Publicado por

CNM - Cadastro Nacional de Museus

O Cadastro Nacional de Museus já completou dez anos em operação e se constitui como uma fonte ampla de informações atualizadas sobre os museus do país. Objetiva produzir conhecimentos e informações sistematizadas sobre o campo museológico em toda a sua diversidade. Nesse período, foram mapeados mais de 3.500 museus em todo o território nacional.